Santo do Dia 28 de Outubro – São Simão e São Judas Tadeu

Santo do Dia 28 de Outubro - Sao Simao e Sao Judas Tadeu

São Simão e São Judas Tadeu

Hoje celebramos a festa de dois dos doze apóstolos de Jesus: São Simão e São Judas Tadeu. De Simão, talvez o menos conhecido dos doze apóstolos, a Igreja conserva apenas o nome e, para distingui-lo de Simão Pedro, os evangelistas lhe dão o nome de cananeu. No caso de Simão, o apelido cananeu, palavra hebraica que quer dizer zeloso, tanto pode servir para designar o local de seu nascimento, já que ele era de Caná da Galiléia, como também para indicar que ele pertencia ao partido dos zelotes, ou zelosos, inimigos ferrenhos dos romanos e defensores intransigentes e radicais das tradições hebraicas. Embora não haja documentos que comprovem, segundo o escritor Eusébio, Simão foi o sucessor de Tiago na Igreja de Jerusalém, nos trágicos anos da destruição da cidade santa.

 

Judas, que não era o Iscariotes, ocupa o último lugar na lista dos apóstolos, com o nome de Tadeu. Era tido como uma pessoa ponderada, ajuizada e prudente. É considerado o autor de uma das epístolas católicas que fazem parte do Novo Testamento. Era primo de Jesus, mas de acordo com o costume da época e, porque na língua semita não existia a palavra primo, era chamado de irmão do Senhor. Judas Tadeu era irmão de Tiago Menor, parentesco que era freqüentemente lembrado, quando se referiam a ele, por causa do prestígio que Tiago gozava na comunidade de Jerusalém. Segundo ainda o historiador Eusébio, Judas foi o esposo das bodas de Caná, o que explica de certo modo a presença de Maria e Jesus na festa. Na epístola que escreveu, ele faz uma séria advertência sobre os falsos mestres e anima o povo a manter a pureza da fé cristã. Tudo faz crer que sua esposa o acompanhava nas missões de evangelização, embora não se saiba com exatidão todos os lugares que ele percorreu. A tradição diz que São Simão pregou o Evangelho no Egito e São Judas Tadeu na Mesopotâmia. Segundo ainda os “Atos de Simão e Judas”, os dois teriam percorrido as 12 províncias do império persa.

Hoje os apóstolos Simão e Judas Tadeu nos lembram que o que importa mesmo não é que as pessoas e o mundo saibam por onde andamos, com quem andamos ou que missões realizamos. O que importa é que sejamos discípulos zelosos de nossa fé, sempre prontos a anunciar o Reino de Deus e denunciar tudo aquilo que a ele se opõe. O que importa é, que, como eles fizeram, nós também, através de nosso testemunho de vida, ousemos dizer não às ideologias e sistemas diabólicos que alienam as pessoas e corrompem os costumes.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia