Santo do Dia 09 de Novembro – Dedicação da Basílica de Latrão

Santo do Dia 09 de Novembro - Dedicacao da Basilica de Latrao

Dedicação da Basílica de Latrão

Hoje celebramos a festa da Dedicação da Basílica do Santíssimo Salvador ou de São João de Latrão. No início do cristianismo não havia templos. As comunidades primitivas se reuniam em casas. Elas tinham consciência de que todo lugar era lugar de encontro de Deus com o homem, pois tinham bem presentes em suas vidas as palavras de Jesus à samaritana: “O Pai quer ser adorado em espírito e verdade”. A construção de templos veio depois, quando os cristãos começaram a sentir necessidade de um local maior onde se pudessem reunir. Ao contrário do que alguns pensam, é essa Basílica, e não a Basílica de São Pedro, no Vaticano, o templo mais antigo. Ela foi fundada por Melquíades, no início do século IV, provavelmente entre os anos 311 e 314, em terras doadas pelo imperador Constantino, e construída ao lado da residência imperial que mais tarde passou a ser a residência Papal. Foi o Papa Silvestre que inspirou Constantino a transformar o Palácio de Latrão, sede do governo, na primeira basílica dedicada ao Divino Salvador. A velha Basílica de Latrão destruída e construída várias vezes, é a Catedral do Papa, a Igreja Mãe, e cabeça de todas as Igrejas do mundo. Nela e no Palácio Lateranense, realizaram-se cinco Concílios. Entre as várias relíquias que se encontram na Basílica de Latrão, e que alguns afirmam serem autênticas, estão a mesa em que Jesus celebrou a última ceia, o copo no qual São João Evangelista bebeu o veneno que lhe foi dado, as cabeças de São Pedro e de São Paulo e um pedaço do manto de púrpura que os soldados de Pilatos colocaram sobre os ombros de Jesus por ocasião dos acontecimentos de sua paixão e morte. A festa de dedicação da Basílica de São João de Latrão começou no século XII, mas sua origem é desconhecida. Essa festa se reveste de um caráter importante, porque tem a finalidade de celebrar a unidade da Igreja e lembrar o respeito das demais Igrejas para com a Sé Romana.

Embora o templo preferido de Deus seja o coração do homem, a Festa da Dedicação da Igreja de São João de Latrão, a Igreja Mãe, símbolo da unidade da Igreja, nos ensina a importância de termos um lugar onde juntos, como irmãos, possamos celebrar nossa fé, partilhar nossas vidas e fortalecer nossa esperança. Mas sobretudo essa celebração nos convida a não pouparmos esforços na busca da unidade da Igreja de Jesus, a fim de que sua vontade se torne logo uma verdade entre nós: “Que todos sejam um, como eu e o Pai somos um”.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia