Santo do Dia 07 de Novembro – São Vilibrordo

Santo do Dia 07 de Novembro - Sao Vilibrordo

São Vilibrordo

São Vilibrordo, monge beneditino, nasceu em 1658, na Nortúmbria. Sua vida está ligada à evangelização da Alemanha, iniciada no século VII por sacerdotes franceses e anglo-saxões. Seus biógrafos o descrevem como uma pessoa de pequena estatura física, cabelos negros, constituição delicada, olhos profundos e vivos. Era austero, prudente, tenaz e extremamente devotado ao Sumo Pontífice. Muito trabalhador, não conhecia o desânimo nem o significado da palavra crise. Homem de oração e ação, irradiava entusiasmo e era realmente um apaixonado pela evangelização. Excelente organizador, tinha uma enorme capacidade, de liderança, qualidade que muito o ajudou a evitar divisões na Igreja. Com a idade de 20 anos viajou para a Irlanda a fim de aperfeiçoar sua cultura teológica com o abade Egberto, que mais tarde, quando ele tinha 30 anos de idade, o ordenou sacerdote. Após a ordenação foi mandado, com mais nove companheiros, para a Frísia, nos Países Baixos onde foi muito bem acolhido pelo duque Pepino. Antes, porém, de dar início à evangelização, foi a Roma para receber a bênção e a aprovação do Papa Sérgio I, para sua missão. Ao voltar, escolheu Anversa para centro de seu apostolado. A fim de construir a nova sede diocesana na Frísia, São Vilibrordo voltou a Roma onde foi consagrado bispo pelo próprio Papa. A partir daí, fica praticamente impossível enumerar todos os lugares que esse infatigável missionário percorreu. É certo que esteve na Dinamarca, chegou até a Turíngia. São Vilibrordo morreu no dia sete de novembro de 739, aos 81 anos de idade, no pequeno convento que havia fundado em Luxemburgo, após haver, durante 50 anos, se dedicado com entusiasmo e paixão a levar o Evangelho aos pagãos e à expansão do Reino de Deus.

Hoje, embora o campo de atividades do missionário seja geograficamente de mais fácil acesso, as dificuldades persistem. Não é tarefa leve anunciar o Evangelho num mundo pluralista, ávido de dinheiro e poder, onde as condições de vida da maioria da população são um insulto à dignidade humana e à proposta do Evangelho. Mas ontem como hoje, continua de pé a ordem de Jesus: “Vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos”. Essa ordem não está fora do nosso alcance, porque quem a deu prometeu, estar conosco todos os dias. Mas para cumpri-la é necessário que, como São Vilibrordo, sejamos missionários organizados e audazes, comprometidos com a unidade da Igreja, e sobretudo apaixonados por Jesus Cristo.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia