Santo do Dia 05 de Novembro – São Zacarias e Santa Isabel

Santo do Dia 05 de Novembro - Sao Zacarias e Santa Isabel

São Zacarias e Santa Isabel

Zacarias e Isabel eram os pais de João Batista. O nome Zacarias é bastante popular na Bíblia, e em hebraico significa “Deus lembrou”, Zacarias era sacerdote e servia no templo. Zacarias e Isabel não tinham filhos, e isso era visto pela sociedade daquele tempo, como uma situação muito desonrosa, pois a esterilidade era tida como um castigo de Deus. Entretanto ambos eram justos e irrepreensíveis diante do Senhor. A Sagrada Escritura diz que Zacarias estava no templo, quando recebeu do anjo o anúncio do nascimento de João Batista. Como duvidasse da promessa, ficou mudo até o nascimento do menino. Assim que João nasceu, ele voltou a falar, e entoou o Benedictus, um dos cantos bíblicos mais conhecidos dos cristãos. Isabel era prima de Maria. Como, para a mulher hebréia, a maternidade era considerada a manifestação visível da bênção de Deus, Isabel, que era estéril e concebeu na velhice, não se cansava de louvar e agradecer a Deus pelo que nela havia realizado. Zacarias e Isabel aguardavam a vinda do filho, quando receberam a visita de Maria. Quando Maria saudou a prima, esta, iluminada pelo Espírito Santo, pronunciou as palavras que nós repetimos na oração da Ave Maria: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre”. Zacarias e Isabel deram ao filho o nome de João, que significa, “Deus é favorável”. A Bíblia fala pouco sobre eles, mas o evangelista São Lucas resume, em belas e brevíssimas palavras, o máximo que se poderia dizer de duas pessoas santas: “Ambos eram justos aos olhos de Deus e observavam irrepreensivelmente os mandamentos e as leis do Senhor”.

No passado, de um casal inteiramente aberto à ação do Espírito Santo, porém menosprezado pela sociedade judaica porque não podia gerar filhos, nasceu João Batista, o precursor de Jesus, numa indicação clara de que, nem sempre o pensamento e o projeto do mundo coincidem com o pensamento e o projeto de Deus. Hoje o mesmo Deus que ouviu a súplica e tomou o partido de Isabel e Zacarias, dois legítimos representantes dos discriminados daquele tempo, nos convida a ouvir o clamor dos índios que pedem de volta suas terras, as reivindicações dos deficientes físicos, o grito dos negros e mulheres que pedem igualdade de tratamento, as súplicas das crianças abandonadas, a dar enfim uma resposta de amor e justiça a todos aqueles que a sociedade de nosso tempo considera inúteis e descartáveis.

 

 

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia