Santo do Dia 10 de Maio – Santo Antonino

Santo do Dia 10 de Maio - Santo Antonino

Santo Antonino

Santo Antonino era filho de um funcionário público de nome Nicolau Pierozzi. Nasceu em Florença no ano 1389 com o nome de Antônio, mas por causa de sua baixa estatura foi apelidado de Antonino. Era muito estudioso, sereno, e cedo sentiu desejo de se consagrar ao serviço de Deus. Para melhor realizar esse desejo tentou entrar na Ordem dos Dominicanos Pregadores, mas como tinha apenas 15 anos de idade, os dominicanos não o aceitaram, achando que ele era muito jovem para tomar uma decisão tão importante. O padre João Domingues, que mais tarde foi também canonizado, impressionou-se muito com Antonino e   aconselhou-o a esperar um pouco mais. E para livrar-se da insistência do jovem, sabendo que ele gostava muito de ler, mandou-o decorar o Direito Canônico, garantindo que o receberia novamente para falar sobre o assunto, quando ele cumprisse a solicitação. Para espanto do Padre João, alguns dias depois Antonino voltou à sua presença, com a incumbência cumprida. Ingressou na Ordem e apesar da disciplina rigorosa, tudo cumpria com pontualidade, humildade e obediência. Muito jovem foi designado para superior do convento de Minerva, em Roma. Foi também prior de alguns conventos na Itália e por onde passou, reavivou o espírito primitivo da Ordem Dominicana, sobretudo através de seu testemunho de vida. Nomeado contra a vontade para o cargo de bispo de Florença, usou de todos os meios para não exercer a função, chegando inclusive a retirar-se sigilosamente para a ilha da Sardenha. Mas sua fuga foi descoberta, e ele foi impedido de embarcar. Santo Antonino viveu na mais completa simplicidade e austeridade, e nada era capaz de alterar sua doçura e tranqüilidade. O pobre e o camponês tinham nele um pastor e um pai. Afável, acessível a todos, fazia tudo para todos, para ganhar todos para Cristo. Apesar das honrarias oferecidas e missões importantes que lhe eram dadas, nunca saiu de sua diocese a não ser para resolver problemas ligados aos interesses da Igreja. Morreu em meio aos pobres, no dia dois de maio de 1459, com 72 anos de vida e 13 de episcopado. Foi canonizado em 1523.

No mundo de hoje onde nem sempre as perspectivas que se abrem para a juventude, são perspectivas saudáveis, Santo Antonino que muito jovem ainda optou radicalmente por Jesus Cristo, tem um recado para todos, e em especial para os jovens: vale a pena deixar tudo e seguir a Jesus, pois se o caminho não está isento de tropeços e dificuldades, fora dele não há a menor perspectiva de vida saudável e feliz.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia