Santo do Dia 02 de Maio – Santo Atanásio

Santo do Dia 02 de Maio - Santo Atanasio

Santo Atanásio

Santo Atanásio, Bispo e Doutor da Igreja, nasceu em Alexandria, Egito, no ano 295 e sucedeu a Alexandre II no bispado de Alexandria. Pertencia a uma família distinta, recebeu sólida formação literária e espiritual, na Escola Catequética e com os monges no deserto. Fisicamente era de baixa estatura, mas um verdadeiro gigante na defesa das verdades da fé. Era muito inteligente e profundo conhecedor da cultura grega. Em 325 ele participou do Concílio de Nicéia, na qualidade de diácono do bispo Alexandre e foi o pivô da discussão teológica que terminou por preservar intacta na Igreja esta verdade teológica: Cristo é verdadeiro homem e verdadeiro Deus. Em 328 ele foi nomeado bispo de Alexandria. Viveu numa época de muitas heresias, e entre elas a do arianismo, assim chamada, porque defendida por Ário, sacerdote da Igreja de Alexandria que afirmava que o Jesus histórico era apenas homem e não possuía a natureza divina. Contra essa e outras heresias que se abateram sobre a Igreja, Santo Atanásio lutou com fibra de verdadeiro campeão. Quando precisava dar combate, era o primeiro a entrar em campo. Era corajoso, intransigente, mas, conhecendo as pessoas com quem lidava, quando perseguido e ameaçado, não ficava esperando passivamente que viessem prendê-lo. Suas fugas tinham lances sensacionais e delas ele falava com muito orgulho. “Eu me alegro em ter de me defender”, escreveu ele em seu livro intitulado “Apologia pela fuga”. Foi desterrado da pátria cinco vezes, pelos imperadores Constantino, Constâncio, Juliano e Valente. Dos seus 45 anos de episcopado, 17 ele os passou no exílio. Foi por ocasião de um desses exílios que ele encontrou Santo Antão, um eremita que vivia no deserto e cuja vida mais tarde escreveu. As lutas enfrentadas por Santo Atanásio foram duras, mas tiveram pontos extremamente positivos, pois foram a partir delas que a Igreja percebeu a necessidade de refletir de modo sistemático, sobre a fé recebida dos apóstolos e de formular os dogmas com maior precisão. Santo Atanásio morreu no dia dois de maio de 373.

No mundo de hoje onde não são poucos os que pretendem reduzir Jesus Cristo a um sábio, a um espírito de luz, a uma energia ou ao maior dos profetas, Santo Atanásio convida todos que se professam cristãos, a se revestirem de sua coragem, para proclamar com palavras, mas especialmente com a vida, essa verdade muita cara à fé cristã:  Jesus de Nazaré é verdadeiro homem e verdadeiro Deus.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia