Santo do Dia 21 de Junho – São Luís de Gonzaga

Santo do Dia 21 de Junho - Sao Luis de Gonzaga

São Luís de Gonzaga

Luís Gonzaga nasceu em Mântua, Itália, no dia nove de março de 1568. Era o filho primogênito do comandante do exército imperial, o marquês de Castiglione, e recebeu da mãe uma cuidadosa educação cristã. Aos cinco anos, com o pai que desejava vê-lo seguindo a carreira militar, Luís começou a se familiarizar com as roupas, as armas e o linguajar rude dos soldados. Mas contrariando os desejos do pai, ele não quis seguir a carreira militar. Aos 12 anos, após receber a comunhão das mãos de São Carlos Borromeu, decidiu entrar na Companhia de Jesus. Alguns anos foram necessários para vencer a resistência do pai que, para fazê-lo desistir da idéia, enviou-o a conhecer várias Cortes da Itália em que a vida era de banquetes, desfiles, caçadas e festas. Luís não se rendeu aos caprichos das Cortes por onde andou, e continuou fiel à sua opção de oração, penitência e pureza de vida. Aos 17 anos obteve o consentimento paterno, renunciou à herança e aos direitos de primogenitura e entrou para a Congregação dos Jesuítas, fazendo o noviciado sob a orientação de São Roberto Belarmino. No convento nunca se prevaleceu de sua origem nobre. Ao contrário, escolhia as tarefas mais humildes, e a elas se dedicava com alegria e muito zelo. São Luís Gonzaga era afável e delicado, dotado de uma grande energia de caráter, mas ao contrário do que alguns ainda pensam, tinha um temperamento forte que só conseguia dominar à custa de uma intensa vida de oração e penitência. Ele trabalhava muito, comia pouco e assim mesmo as coisas de que menos gostava. Jejuava sistematicamente três vezes por semana e nas vésperas das grandes festas. Quando em 590 uma epidemia de peste atingiu a cidade de Roma, ele foi de uma abnegação extremada para com as vítimas da doença. Contagiado pela peste, e muito fraco em virtude das penitências que fazia, não resistiu, e morreu em Roma, aos 23 anos, no dia 21 de junho de 1591. Em 1604, São Luiz Gonzaga foi declarado beato e sua mãe, ainda viva, pôde venerá-lo como tal. Em 1724 foi canonizado pelo Papa Bento XIII e declarado Patrono da Juventude.

Vivemos numa sociedade que tem dificuldade de ver na busca de uma vida pura e de uma entrega radical a Deus, uma dimensão maior da realização humana. Mas hoje São Luiz Gonzaga, que compreendeu que a pureza só tem sentido se tiver como motivação o amor, nos   convida a abrir o coração para a realidade do amor de Deus que se manifesta em Jesus Cristo e que nos faz sair de nós mesmos e nos orienta para o compromisso com o próximo e com o mundo.

 

>> Outro Santo do Dia