Santo do Dia 15 de Janeiro – Santo Arnaldo Janssen

Santo do Dia 15 de Janeiro - Santo Arnaldo Janssen

Santo Arnaldo Janssen

Santo Arnaldo Janssen, o fundador da Congregação das Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo, das Irmãs Missionárias da Adoração Perpétua e da Congregação dos Missionários do Verbo Divino, mais conhecida como Congregação dos Padres Verbitas, nasceu em cinco de novembro de 1837, na Alemanha e ordenou-se sacerdote em 15 de agosto de 1861. Durante 12 anos trabalhou como professor, renunciando ao magistério para melhor dedicar-se às atividades pastorais. Cheio de ardor apostólico, para disseminar o ideal missionário e dar notícias sobre as missões, começou a editar uma pequena revista intitulada “O Pequeno Mensageiro do Coração de Jesus”. No dia oito de setembro de 1875, já que na Alemanha as leis anticatólicas não lhe permitiam fazê-lo, ele fundou em Steyl, na Holanda, a Congregação Missionaria do Verbo Divino, com a finalidade de formar sacerdotes para as missões. Para que a chama de seu ideal atingisse o maior número possível de pessoas, Santo Arnaldo fundou também uma imprensa missionária, cujas publicações chegavam a todas as localidades, e que transformou Steyl num potente centro de irradiação missionária e de renovação religiosa. A semente cresceu, a pequena Congregação transformou-se numa importante Congregação Religiosa Missionária e, em 1879, Santo Arnaldo enviou os primeiros missionários para a China. Coração grande, aberto aos desafios da missão evangelizadora da Igreja, e convencido de que a Palavra de Deus devia chegar em todos os lugares do mundo, logo seus missionários se espalharam por toda parte, chegando inclusive ao Brasil, onde atuam na área da saúde e educação, assim como na formação e evangelização de cristãos autênticos e participativos na vida da comunidade. Santo Arnaldo Janssen tornou-se Superior Geral de sua grandiosa obra, mas permaneceu humilde, modesto e simples. Devoto da Santíssima Trindade, escolheu para lema de sua obra: “Viva a Santíssima Trindade em nossos corações e nos corações de todas as pessoas”. Santo Arnaldo morreu no dia 15 de janeiro e foi canonizado pelo Papa João Paulo II.

Hoje, a exemplo de Santo Arnaldo Janssen, que acreditou que as obras que tem sua fonte em Deus permanecem para sempre, somos também chamados a buscar na fonte, que é a Santíssima Trindade, a força para a missão, e a fazer de nossa comunidade eclesial um pólo de irradiação dos valores evangélicos, para que a Palavra de Deus possa chegar a todos os segmentos da sociedade, alcançar todos os rostos e culturas.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia