Santo do Dia 08 de Janeiro – São Severino

Santo do Dia 08 de Janeiro - Sao Severino

São Severino

São Severino nasceu em 410 e viveu numa época em que o Império Romano no Ocidente se encontrava em franca decadência por causa das invasões bárbaras germânicas. Dentro desse quadro de intranquilidade, as autoridades cristãs constituíam o único porto seguro para os que queriam sobreviver à ação dos invasores. São Severino viveu como eremita, no deserto no Egito durante muitos anos. Apesar de impelido a uma vida de solidão, ao perceber, no contexto histórico de sua época, o surgimento de uma nova era para o cristianismo, decidiu abandonar o deserto – pelo menos temporariamente – e partiu para pregar o Evangelho. Estabeleceu-se no vale do Danúbio, na região que é hoje a Áustria, e aí erigiu mosteiros que abrigavam as populações ameaçadas e se transformaram em pontos de irradiação do Evangelho. Sua vontade de fazer Jesus conhecido era tamanha que ele não se limitou a evangelizar o povo da região, e levou a Palavra de Deus também aos bárbaros invasores. Sua fama de santidade, integridade de vida, fé profunda e caridade concreta atraiam pagãos, bárbaros e hereges que, mesmo quando não se convertiam ao cristianismo, melhoravam seus costumes e modo de viver. Conta-se que o rei dos alamanos, Gibuldo, lhe devotava grande afeto, e que o rei dos rúgios, Flaciteu, o consultava com frequência. Estimado por reis e guerreiros e também pelo povo humilde, viveu pobremente, sem jamais tirar proveito para si mesmo de coisas materiais. Sua vida foi um exemplo de desapego e simplicidade. Sua obra predileta era a assistência aos pobres e aos prisioneiros e repreendia, publicamente se necessário, os que se aproveitavam da situação de fome e miséria para explorar o povo.  Apesar de ter sido um homem de muita ação, nunca deixou de aspirar a uma vida de oração e silêncio. Passado o perigo das invasões, ele voltou ao cotidiano de eremita, na mais completa simplicidade, numa pequena cela isolada entre as vinhas, na cidade de Viena. Morreu no dia oito de janeiro do ano 482. Suas relíquias são veneradas na cidade de Nápoles, Itália.

Hoje São Severino nos mostra com muita clareza que embora alguns santos sejam chamados com mais força à oração e à contemplação, e outros à ação e à compaixão, nenhum santo é totalmente contemplativo ou puramente ativo. O objetivo do silêncio é abrir espaço para Deus, porque é na oração, no diálogo íntimo e profundo com Ele, que nós encontramos a motivação e a força para realizar o desejo de Jesus de anunciar o Evangelho a todas as criaturas.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia