Santo do Dia 02 de Janeiro – São Basílio Magno

Santo do Dia 02 de Janeiro - Sao Basilio Magno

São Basílio Magno

São Basílio Magno, Bispo e Doutor da Igreja, nasceu numa família cristã, em Cesaréia, na Capadócia, no ano 330 e fez os primeiros estudos sob a orientação do pai. Mais tarde foi estudar em Constantinopla e a seguir em Atenas onde iniciou uma grande amizade com São Gregório de Nazianzo. Grande orador, São Basílio era um homem de fé profunda e de sólida formação moral e intelectual. Ele viveu num tempo marcado por muitas heresias, entre as quais o arianismo cujos adeptos negavam a divindade de Jesus. São Basílio destacou-se como um dos mais ardorosos adversários dessa heresia, opondo-se clara e abertamente ao imperador Valente que a apoiava. Aos 33 anos de idade foi nomeado auxiliar do Bispo de Cesaréia e, em 370, foi eleito titular da diocese. Voltado para as questões sociais, São Basílio Magno construiu hospícios, asilos, hospitais, laboratórios e escolas artesanais. Destacou-se também, como um dos maiores defensores da fé cristã e da unidade da Igreja. Foi um administrador organizado e competente, assim como excelente diplomata. Orador brilhante, o tema preferido de suas pregações era a ajuda aos carentes e necessitados, nunca perdendo a oportunidade de denunciar as atitudes daqueles que exploravam os pobres. “O pão que te sobra na mesa pertence ao faminto. A roupa que não estás usando é do pobre desnudo. O dinheiro que esbanjas, é a riqueza do pobre”, pregava ele. São Basílio escreveu numerosas obras, sendo a mais original delas uma sobre o Espírito Santo, não tanto pelo conteúdo, mas por ter sido a primeira escrita sobre o assunto em toda a história da Igreja. Redigiu um importante livro sobre regras monásticas, com o nome de “Grandes Regras e Pequenas Regras”. O título de Magno faz jus não apenas à sua atividade doutrinal, mas sobretudo à sua atividade pastoral. Morreu aos 49 anos de idade. Em seu funeral, cristãos, judeus e pagãos se uniram para prestar homenagem àquele que foi para o povo um verdadeiro pai, justo e caridoso.

Hoje, nesse nosso mundo tão dividido e desunido, São Basílio Magno, um apaixonado pela unidade, nos desafia a derrubar as cercas e superar os obstáculos que nos impedem de ir ao encontro do outro. Hoje, nesse mundo tão preocupado em ter, guardar e possuir, São Basílio Magno nos convida a levar a sério a urgência da partilha, a dar ao necessitado o nosso supérfluo que não é absolutamente aquilo que nos sobra, mas aquilo que o outro necessita.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia