Santo do Dia 05 de Fevereiro – Santa Águeda

Santo do Dia 05 de Fevereiro - Santa Agueda

Santa Águeda

Santa Águeda, também conhecida como Santa Ágata, nasceu na Catânia, Sicília. De família nobre e rica, sua riqueza, aliada à sua beleza, despertaram a atenção do pró-cônsul da Sicília, Quinciano, que a pediu em casamento. Ela, porém, que já havia no interior de seu coração se consagrado a Jesus Cristo, não aceitou a proposta. A rejeição feriu Quinciano que, sentindo-se derrotado e humilhado, cheio de ódio, passou a perseguí-la, chegando a submetê-la às mais terríveis tentações e torturas. Presa pelos soldados de Quinciano, Águeda foi entregue a uma velha pervertida que, durante 30 dias fez de tudo para encaminhá-la pelo caminho da perversão e do vício. Por não ceder às tentações e artimanhas da velha, Águeda foi esbofeteada, presa e submetida às mais cruéis torturas. Desconjuntaram-lhe os ossos, aplicaram-lhe lâminas ardentes de ferro, dilaceraram-lhe os seios com garfos de ferro e depois os cortaram. Em seguida, arrastaram-na sobre cacos de vidro e carvões em brasa. Morreu na prisão, de joelhos, em oração. Ao juiz que a chamou de insensata e que lhe acenou com honras e riquezas, se ela renunciasse a Cristo, Águeda respondeu: “És tu que deves libertar-te de teus deuses de pedra e de madeira, se queres libertar-te da morte eterna”. Esses fatos aconteceram no ano 251, durante o Império de Décio, e as três atas de seu martírio revelam a autenticidade dos fatos. Seu culto é antiquíssimo, chegando a existir em Roma 12 igrejas a ela dedicadas. Santa Águeda é invocada como protetora contra as lavas do vulcão Etna, na Sicília, porque, segundo uma tradição, logo após seu martírio, terminou a erupção desse vulcão que se encontrava em atividade. Sua festa foi colocada no dia cinco de fevereiro, porque foi exatamente nesse dia que cessou a erupção do vulcão Etna.

No mundo de hoje, quando são tantas as propostas de riqueza e poder feitas pelos ‘quincianos’ da vida, Santa Águeda que não cedeu aos apelos do dinheiro nem da posição social, nos acena com uma proposta bem mais sedutora: a de não se deixar seduzir pelos bens materiais e colocar a segurança e confiança exclusivamente em Deus. Hoje também Santa Águeda nos ensina que se quisermos livrar nossa sociedade das lavas da violência, da corrupção, da impunidade e da injustiça que jorram do vulcão do egoísmo, precisamos, como ela o fez, dar uma resposta afirmativa, consciente e radical ao projeto de Jesus.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia