Santo do Dia 07 de Agosto – São Caetano de Thiene

Santo do Dia 07 de Agosto - Sao Caetano de Thiene

São Caetano de Thiene

São Caetano de Thiene nasceu em 1480, em Veneza, Itália. De família nobre e rica, foi para Roma a fim de estudar Direito Civil e Canônico. Inclinado a uma vida de oração, meditação e silêncio, muito cedo mostrou desejo de ser sacerdote, porém muito manso e humilde, atrasou sua ordenação sacerdotal até completar 40 anos, porque não se considerava digno de tocar, com as mãos, o corpo de Cristo. Extremamente despojado, quando seus pais morreram, ele distribuiu com os pobres e com as obras pias, toda a fortuna herdada. Atraído por suas virtudes, o Papa Júlio III levou-o para Roma, como seu secretário. Em Roma conviveu com cardeais e bispos famosos, mas sem jamais perder a simplicidade. Quando o Papa morreu, ele renunciou aos cargos que ocupava e voltou para Veneza. Inconformado com o espírito leviano e dissoluto existente a seu redor, decidiu realizar, de maneira silenciosa, mas profunda, uma reforma de costumes dentro da Igreja. “Cristo espera e ninguém se mexe”, repetia ele. De Veneza ele foi para Roma, convidado pelo bispo Pedro Carafa que, como ele, era um entusiasta da reforma católica. Das conversas de ambos brotou a idéia de uma Ordem que se concretizou com o nome de Ordem dos Clérigos Regulares ou Teatinos cuja meta principal era a renovação e santificação do clero. São Caetano fez uma reforma de baixo para cima, dedicando-se ao apostolado entre os mais pobres e marginalizados de seu tempo, fundando hospitais e abrindo asilos para velhos. A Congregação foi aprovada pelo Papa Clemente VII, mas, apesar de a idéia da fundação ter sido sua, ele humildemente se pôs de lado, e seu amigo, o bispo Carafa, foi nomeado Superior Geral da Ordem. Quando Pedro Carafa foi eleito Papa, com o nome de Paulo IV, conservou o espírito da Ordem e assumiu a missão de reformar a Igreja. Caetano de Thiene foi transferido para Nápoles e aos venezianos que o queriam a todo custo em sua cidade, ele lembrava: “Deus está em Nápoles, como em Veneza”. Caetano morreu em Nápoles, aos 67 anos de idade e foi canonizado em 1671.

Hoje São Caetano de Thiene que, como o fermento na massa, conseguiu que sua iniciante e pequena congregação ajudasse a Igreja a se reformar e a crescer, nos convida a realizar a reforma do mundo e a levedar a Igreja com o fermento dos valores éticos e as virtudes do Evangelho. Mas como ele tão bem o fez, essa é uma missão a ser cumprida não de cima para baixo, nem de fora para dentro, mas a partir da organização e reforma de nosso mundo interior.

 

>> Outro Santo do Dia