Santo do Dia 02 de Agosto – Santo Eusébio de Vercelli

Santo do Dia 02 de Agosto - Santo Eusebio de Vercelli

Santo Eusébio de Vercelli

Santo Eusébio nasceu na Sardenha, Itália. De família rica, foi para Roma a fim de estudar Direito e conseguir um emprego bem remunerado. No ano 310, converteu-se ao cristianismo e foi batizado, assumindo o nome do Papa que o batizou: Eusébio. Em 345 foi nomeado bispo da diocese de Vercelli, perto de Milão, no norte da Itália. Muito amigo de Santo Hilário de Poitiers e de Santo Atanázio de Alexandria, destacou-se como um dos principais organizadores da estrutura interna e externa da Igreja recém-saída das perseguições. Em sua diocese formou comunidades nas quais hierarquia e laicato viviam próximos, rezavam e preparavam juntos as atividades pastorais. Esse modelo de vivência comunitária que logo se espalhou por outros lugares, tinha um objetivo claro: evitar que os bispos agissem como donos da diocese, e os padres e leigos se acomodassem na posição de simples cumpridores de ordens. Durante o tempo em que esteve à frente de sua diocese, mostrou-se um pastor zeloso, de muitas iniciativas e interessado não apenas nos problemas da sua Igreja local, mas na vida do Povo de Deus, como um todo. Os primeiros anos de seu episcopado foram pacíficos, porém a partir do ano 350, as dificuldades começaram a surgir com a ascensão do arianismo, heresia que negava a divindade de Jesus de Nazaré. A essa heresia ele se opôs firmemente e por isso foi perseguido pelo imperador Constâncio que queria, a todo custo, impô-la à Igreja no Ocidente. Foi preso, algemado e exilado para a Palestina onde permaneceu por seis anos numa prisão de Citópolis, depois para a Capadócia e por último, para os desertos de Tebaida, no Egito. Em 351, quando Constâncio morreu, e com ele a ofensiva ariana, Eusébio deixou o exílio, voltou para o convívio de seus fiéis que muito o amavam e aí morreu no dia primeiro de agosto de 370. Apesar de não ter sido martirizado, foi venerado como mártir pelo povo, pela sua coragem, firmeza e sofrimento em defesa da fé cristã.

Hoje Santo Eusébio nos brinda com três preciosas lições de vida: o cristão genuíno é aquele que nunca se curva ante a força e o autoritarismo dos que, movidos pela vaidade e auto-suficiência, querem fazer de sua verdade pessoal, a verdade do Evangelho; o autêntico missionário é aquele que não receia criar novas práticas e mecanismos para melhor anunciar a mensagem do Reino; o verdadeiro sacerdote é aquele que vive e trabalha ao lado do povo, é para ele um pai, um amigo, o sinal da ternura e presença de Deus.

 

>> Outro Santo do Dia