Santo do Dia 30 de Abril – São Pio V

Santo do Dia 30 de Abril - Sao Pio V

São Pio V

São Pio V, nasceu com o nome de Miguel Ghisleri, em Bosco, Itália, no ano 1504. Em 1528 foi ordenado padre na cidade de Gênova. Foi professor, prior do convento, superior provincial, bispo e Papa. Dedicou 16 anos de sua vida ao magistério, ensinando filosofia e teologia. Era um excelente administrador. Em 1556, foi sagrado bispo, e no ano seguinte foi nomeado cardeal. Em 1559, com a morte de Paulo IV, foi eleito Papa com o nome de Pio V. Como Papa posicionou-se contra o nepotismo e a simonia na Cúria Romana. Dizem que, quando os parentes, que eram numerosos, na expectativa de algum privilégio iam a Roma para visitá-lo, Pio V dizia que um parente do Papa podia considerar-se bastante rico, se não estivesse na miséria. Entre as reformas feitas por ele no campo pastoral destacam-se as seguintes: a residência para os bispos, a clausura dos religiosos, o celibato e a santidade de vida dos sacerdotes, as visitas pastorais dos bispos, o incentivo às missões, a correção dos livros litúrgicos e a censura sobre as publicações. A rígida disciplina que Pio V, primeiro como bispo, depois como cardeal, e finalmente como Papa, impôs à Igreja, retratavam a própria disciplina que ele impunha a si mesmo. Muito simples, nunca alterou o mobiliário de sua cela, vivendo de forma despojada, sem qualquer pompa ou luxo. Foi um dos Papas mais caridosos de todos os tempos. Era condescendente com os humildes, paternal com a gente simples, mas bastante severo com os que comprometiam a unidade da Igreja. A prova disso é que não vacilou em excomungar a rainha da Inglaterra, Elizabete II, embora consciente das conseqüências que esse gesto poderia lhe trazer. Conseguiu com sua autoridade e prestígio pessoal fazer com que os estados europeus que se encontravam em discórdia, se unissem para enfrentar o avanço das tropas turcas. Apesar de ser um homem de paz, Pio V é muito conhecido como o Papa da vitória de Lepanto. Pio V morreu no dia primeiro de maio de 1572, aos 78 anos de idade. Foi canonizado em 1712.

No mundo de hoje, rico de palavras bonitas, mas pobre de bonitos exemplos, São Pio V que cumpria em sua vida pessoal as normas rígidas que dava à Igreja, nos convida a sermos, como ele, simples, humildes, firmes e ternos, mas sobretudo coerentes. Talvez nada afaste tanto as pessoas de Jesus Cristo, como a incoerência de vida daqueles que se dizem seus seguidores, pregam a Palavra de Deus, mas não vivem conforme o Evangelho que anunciam.

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia