Santo do Dia 19 de Abril – Santo Expedito

Santo do Dia 19 de Abril - Santo Expedito

Santo Expedito

Santo Expedito nasceu em data incerta, em Melitene, cidade construída no século II pelo imperador Trajano, situada entre a Armênia e a Capadócia. Melitene tornou-se sede da 12ª Legião Romana que tinha a missão de defender o Império Romano das invasões bárbaras, e Santo Expedito era o chefe dessa legião. Quando o Imperador Diocleciano baixou uma ordem obrigando os oficiais cristãos a renunciarem a sua fé e adorarem os deuses romanos, Santo Expedito recusou-se e, por isso, no dia 19 de abril de 303, foi submetido à flagelação e depois decapitado. Santo Expedito é considerado o santo das causas urgentes e sem solução. Seu nome vem provavelmente de um fato interessante: Um caixote contendo o corpo de um santo retirado das catacumbas, foi enviado a um convento de freiras em Paris. Como na data da remessa constava a palavra italiana “spedito”, que quer dizer “enviado”, “remetido”, “expedido”, as freiras pensaram que se tratava do nome do santo mártir e começaram a venerá-lo com o nome de Expedito. O culto a Santo Expedito teve início no Oriente, depois chegou ao Ocidente, espalhou-se pela Itália, Espanha e França e principalmente Alemanha.  Alguns artistas alemães, baseados em idéias e informações de alguns padres latinos, passaram a representar Santo Expedito vestido numa túnica curta, tendo sobre os ombros uma capa vermelha. Sua atitude é a de um homem pronto para o combate. Ele tem um pé em cima de um corvo, na mão direita uma cruz com a palavra “Hodie” e na mão esquerda uma palma, símbolo do martírio. O corvo, por causa de seu inconfundível grito “cras cras”, contido na palavra latina “proCRAStinatio”, que em português quer dizer procrastinação, isto é, demora, adiamento, representa as causas demoradas e intermináveis. A palavra latina “hodie”, que em português significa hoje, representa pressa, pronto atendimento às graças pedidas. Santo Expedito é o padroeiro das causas urgentes, dos militares, estudantes e viajantes.

Hoje, data em que a sociedade civil comemora o Dia dos Povos Indígenas, Santo Expedito, o homem de fé, o soldado que não se curvou ante a prepotência do Império Romano, nos convida a lutar pelos direitos dos índios e de todos os que, como eles, estão sendo queimados, dizimados, violados em seus direitos. Mas hoje também, o santo que o povo elegeu como o patrono das causas difíceis, nos garante que o sonho e a causa deles não é uma causa perdida, por que é o sonho e a causa do próprio Deus.

 

 

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

 

>> Outro Santo do Dia