Sacramento da Unção dos Enfermos

Sacramento da Unção dos Enfermos

“Está alguém enfermo? Chame os sacerdotes da Igreja, e estes te façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor”. (Tg 5,15)

 

A Igreja crê em confessa que existe, entre os sete sacramentos, um sacramento destinado a reconfortar aqueles que são provados pela enfermidade: a Unção dos Enfermos” (CIC 1511). Este sacramento tem a finalidade “de conferir graça especial ao cristão que está passando pelas dificuldades inerentes ao estado de enfermidade grave ou velhice” (CIC 1527) e sua principal graça “é uma graça de reconforto, de paz e de coragem para vencer as dificuldades próprias ao estado de enfermidade grave ou fragilidade da velhice. Esta graça é um dom do Espírito Santo que renova a confiança e a fé em Deus e fortalece contra as tentações do maligno, tentação de desânimo e de medo da morte” (CIC 1520).

 

O QUE É A DOENÇA

“A enfermidade não é mais do que uma consequência do pecado. Por sua paixão e morte na cruz, Cristo deu um novo sentido ao sofrimento, que doravante pode configurar-nos com Ele e unir-nos com sua paixão redentora” (CIC 1505). “Pela graça deste sacramento, o enfermo recebe a força e o som de unir-se mais intimamente à paixão de Cristo” (CIC 1521).

“Todavia, mesmo as orações mais intensas não conseguem obter a cura de todas as doenças. Por isso, São Paulo deve aprender do Senhor que ‘basta-te a minha graça, pois é na fraqueza que minha força manifesta todo o seu poder’ (2Cor 12,9), e que os sofrimentos que temos de suportar podem ter como sentido ‘completar na minha carne o que falta às tribulações de Cristo por seu corpo, que é a Igreja’ (Cl 1, 24)” (CIC 1508).

 

QUANDO SOLICITAR A UNÇÃO DOS ENFERMOS

O sacramento da Unção dos Enfermos “é conferido às pessoas acometidas de doenças perigosas, ungindo-as na fronte e nas mãos com óleo devidamente consagrado” (CIC 1513). “Não é um sacramento só daqueles que se encontram às portas da morte. Portanto, o tempo oportuno para receber a Unção dos Enfermos é certamente o momento em que o fiel começa a correr perigo de morte por motivo de doença, debilitação física ou velhice” (SC 73).

Permite-se também receber o sacramento quem vai passar por cirurgia de alta risco e caso haja um agravamento da doença, também permite-se receber o Sacramento da Unção dos Enfermos novamente.

 

PORQUE SOLICITAR A UNÇÃO DOS ENFERMOS

Este sacramento confere uma graça especial aos gravemente doentes ou aos que estão às portas da morte.

“A graça especial do sacramento da Unção dos Enfermos tem como efeitos:

– A união do doente com a paixão de Cristo, para o seu bem e o bem de toda a Igreja;

– O reconforto, a paz e a coragem para suportar cristãmente os sofrimentos da doença ou velhice;

– O perdão dos pecados, se o doente não pode obtê-lo pelo Sacramento da Penitência;

– O restabelecimento da saúde se isto convier para a salvação espiritual;

– A preparação para a passagem para a vida eterna” (CIC 1532).

 

SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS NA PARÓQUIA DE SÃO PEDRO EM SALVADOR-BA

“Ao celebrar este sacramento, a Igreja, na comunhão dos santos, intercede pelo bem do enfermo. E o enfermo, por sua vez, pela graça deste sacramento, contribui para a santificação da Igreja e para o bem de todos os homens pelos quais a Igreja sofre e se oferece por Cristo, a Deus Pai” (CIC 1522).

Na Paróquia de São Pedro (na Igreja Matriz), todo primeiro sábado do mês às 15h00, na missa. As inscrições devem ser feitas com antecedência na secretaria paroquial.

Para maiores informações, favor procurar a secretaria da Igreja de São Pedro (Matriz) ou telefonar para (71) 3329-3280.

 

 

 

Sacramento da Unção dos Enfermos

Deixe uma resposta