Sacramento da Confirmação (Crisma)

Sacramento da Confirmação

 

“[…] que seja para todos os que foram ungidos e marcados por ele: myrion santo, myrion sacerdotal, myrion régio, unção de alegria, a veste da luz, o manto da salvação, o dom espiritual, a santificação das almas e dos corpos, a felicidade imperecível, o selo indelével, o escudo da fé e o capacete terrível contra todas as obras do adversário” (Epiclese da Consagração do Santo Crisma (myrion) em Antioquia)

 

“Juntamente com o Batismo e a Eucaristia, o Sacramento da Confirmação constitui o conjunto dos ‘sacramentos da iniciação cristã’ cuja unidade deve ser salvaguarda. Por isso, é preciso explicar aos fiéis que a recepção deste sacramento é necessária para a consumação da graça batismal. Com efeito, ‘pelo Sacramento da Confirmação [os fiéis] são vinculados mais perfeitamente à Igreja, enriquecidos com força especial do Espírito Santo, e assim mais estritamente obrigados à fé que, como verdadeiras testemunhas de Cristo, devem difundir e defender tanto por palavras como por obras’ (LG 11)” (CIC 1285).

O Espírito Santo, com o Batismo, já habita em nós gerando os Sete Dons do Espírito Santo, a saber: Sabedoria, Ciência, Entendimento, Conselho, Fortaleza, Piedade e Temor de Deus. Estes dons são essenciais para se alcançar a santidade.

O Sacramento da Confirmação (Crisma) é um aperfeiçoamento da graça batismal. A Crisma “é o sacramento que dá o Espírito Santo para enraizar-nos mais profundamente na filiação divina, incorporar-nos mais firmemente a Cristo, tornar mais sólida a nossa vinculação com a Igreja, associar-nos mais à sua missão e ajudar-nos a dar testemunho da fé cristã pela palavra acompanhada de obras” (CIC 1316). A Confirmação é um selo pelo Espírito Santo que “marca a pertença total a Cristo, o colocar-se a seu serviço para sempre, mas também é a promessa da proteção divina na grande provação escatológica” (CIC 1296).

 

QUEM PODE SER CRISMADO

“Todo batizado ainda não confirmado pode e deve receber o Sacramento da Confirmação (Crisma), […] pois sem a Confirmação e a Eucaristia […] a iniciação cristã permanece inacabada” (CIC 1306). A sua preparação “deve visar conduzir o cristão a uma união mais intensa com Cristo, a uma familiaridade mais intensa com o Espírito Santo, sua ação, seus dons e seus chamados, a fim de poder assumir melhor as responsabilidades apostólicas da vida cristã” (CIC 1309).

“O candidato à Confirmação que tiver atingido a idade da razão deve professar a fé, estar em estado de graça, ter a intenção de receber o sacramento e estar preparado para assumir a função de discípulo e de testemunha de Cristo, na comunidade eclesial e nas ocupações temporais” (CIC 1319), convém, assim, que o candidato recorra ao Sacramento da Penitência (Confissão) para ser purificado.

 

PORQUE É IMPORTANTE SER CRISMADO

Pelo Sacramento da Confirmação (Crisma) recebemos a efusão plena do Espírito Santo semelhante a como ocorreu em Pentecostes. O sacramento produz crescimento e aprofundamento da graça batismal, enraizando-nos mais profundamente na filiação divina, unindo-nos mais fortemente a Cristo, dando-nos uma força especial do Espírito Santo para difundir e defender a fé pela palavra e pela ação, confessarmos com valentia o nome de Cristo e nunca sentirmos vergonha em relação à cruz (cf. CIC 1303).

Santo Ambrósio nos lembra: “Lembre-te, portanto, de que recebestes o sinal espiritual, o Espírito de sabedoria e de inteligência, o Espírito de conselho e força, o Espírito de conhecimento e piedade, o Espírito do santo temor, e conserva o que recebestes. Deus Pai te marcou como seu sinal, Cristo Senhor te confirmou e colocou em teu coração o penhor do Espírito”.

 

CRISMA NA PARÓQUIA DE SÃO PEDRO EM SALVADOR-BA

A preparação para o Sacramento da Confirmação (Crisma) tem início conforme calendário paroquial e a celebração é agendada conforme calendário da Diocese.

Para maiores informações, favor procurar a secretaria da Igreja de São Pedro (Matriz) ou telefonar para (71) 3329-3280.

Sacramento da Confirmação (Crisma)

Deixe uma resposta