Paróquia de São Pedro celebra seu Padroeiro com programação festiva

2019-06-24---Blog---Festa-Sao-Pedro-2019-capa

Enfocando o tema ‘Pedro, o missionário’, a Paróquia de São Pedro, localizada na Praça da Piedade, 11, promoverá, dos dias 26 a 29 próximos, programação festiva em louvor a seu Padroeiro. Nos dias 26, 27 e 28, será realizado o tríduo preparatório. No dia 29 – dia consagrado aos apóstolos São Pedro e São Paulo, fundadores da Igreja Primitiva e colunas do Cristianismo –, serão celebradas cinco missas na Igreja Matriz e a missa solene campal em frente ao templo, presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. A programação incluirá uma procissão que percorrerá as ruas Direita da Piedade, Politeama de Baixo e Forte de São Pedro, Avenida 7 de Setembro, retornando à Igreja de São Pedro.

“A Igreja Católica é a única Instituição que se declara de origem divina. Tudo tem início quando, ao escolher Pedro, Jesus declara: ‘Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja’ (Mt 16,18). Pedro é, por excelência, o missionário, aquele a quem Jesus confia a missão de edificar e conduzir a Sua Igreja, de dar continuidade à missão do próprio Jesus”, explica o pároco de São Pedro, padre Aderbal Galvão de Sousa. “Dessa forma, Pedro assume a posição de primeiro Papa, de chefe supremo da Igreja. O pontificado sobrevive há mais de dois mil anos, mantendo-se fiel à missão que foi inicialmente confiada a Pedro e que hoje cabe ao Papa Francisco: o anúncio do Evangelho”, destaca padre Aderbal.

Durante o tríduo preparatório, nos dias 26, 27 e 28 (quarta, quinta e sexta), em todas as celebrações na Igreja Matriz de São Pedro, será evidenciada a pessoa de Pedro e sua  missão. Haverá dois momentos especiais – às 11h e às 16h –, nos quais serão rezadas a Oração do Ofício e a Ladainha de São Pedro, bem como entoados cânticos em seu louvor.

O pároco de São Pedro informa que este ano, a programação do dia festivo (29) sofreu alteração: “Como a Igreja Matriz de São Pedro está localizada em pleno centro comercial de Salvador, e, no sábado, o comércio fecha às 13 horas, quando as ruas ficam com pouco movimento, achamos melhor antecipar a procissão e a missa solene campal para o final da manhã, dando maior oportunidade de participação do povo de Deus”. A programação do dia 29 é a seguinte: A primeira missa será às 7h na intenção do Papa. A segunda missa será às 8h pelos comerciantes, comerciários e vendedores ambulantes do centro de Salvador e pelos aniversariantes do dia. A celebração das 10h será pelos viúvos e viúvas e pelas pessoas com o nome Pedro. Às 11h sairá a procissão da porta da Igreja Matriz, que percorrerá algumas ruas do centro. Em seguida, às 12h, será celebrada a missa solene campal, em frente à Igreja Matriz de São Pedro. Na parte da tarde, a missa das 14h30 será na intenção dos idosos e doentes; e a missa das 16h, pelos ministérios, pastorais e movimentos religiosos da Paróquia, encerrando-se com a bênção do Santíssimo Sacramento.

A Festa de São Pedro é uma tradição do calendário religioso de Salvador. O santo é padroeiro dos pescadores, porque era pescador; dos viúvos e viúvas, porque era viúvo; dos porteiros, porque Jesus Cristo lhe confiou as chaves do Reino dos céus; dos comerciantes e comerciários, porque a Paróquia está localizada no centro da cidade, em área tradicionalmente comercial. A Festa de São Pedro e São Paulo é uma das celebrações mais importantes e antigas do calendário litúrgico, introduzida na liturgia no século II para lembrar o martírio dos dois santos. Foi colocada pela Igreja em 29 de junho para ocupar o lugar de uma antiga celebração pagã que exaltava as figuras de Rômulo e Remo, os mitos considerados fundadores da cidade de Roma. São Pedro e São Paulo foram os fundadores da Roma cristã. Pedro morreu provavelmente no ano de 64, crucificado de cabeça para baixo. Paulo morreu decapitado no ano de 67.

Em 21.06.2019

Maria Alcina Pipolo (MTb/DRT-BA 915)

Paróquia de São Pedro celebra seu Padroeiro com programação festiva

Deixe uma resposta