Outubro – Mês das Missões

2017-10-03---Mes-Missionario-(post)

 

Estamos em outubro, o mês das Missões. Desde 1926, o Papa Pio XI, oficializou o penúltimo domingo de outubro como Dia Mundial das Missões no qual, as paróquias do mundo inteiro são convidadas a rezar e fazer uma coleta especial em favor das missões. Neste ano o Dia das Missões será no dia 22 de outubro próximo.

“A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída” é o tema da Campanha Missionária 2017. O lema, “Juntos na Missão Permanente”, reforça a importância de caminharmos unidos, como Igreja, Povo de Deus e anunciar a Boa Nova em todos os tempos e lugares.

De 7 a 10 de setembro passado, foi realizado o 4.º Congresso Missionário Nacional, na terra de Dom Helder Câmara, onde ele exerceu seu ministério de pastor, com profundo amor, defendendo uma Igreja simples, voltada para os pobres, e a não violência. Ele viveu profundamente a comunhão e a solidariedade com os últimos da sociedade. Foi um profeta de Deus que emprestou sua voz aos que não tinham, para defendê-los, sobretudo aqueles que eram perseguidos.

O Cartaz para o Mês Missionário deste ano destaca o conteúdo do Congresso em seus três eixos: Alegria do Evangelho; Sinodalidade e comunhão; Testemunho e profetismo. A arte evidencia a Igreja, Povo de Deus, formada por diferentes sujeitos da missão, de diversas idades e etnias (leigos e leigas, consagrados e consagradas, padres, diáconos, bispos e o papa). Todos caminham juntos depois de terem sido encontrados por Jesus Cristo como Igreja em saída, “ad gentes”, enviada a testemunhar a alegria do Evangelho até os confins da terra. A Igreja peregrina traz a Palavra de Deus, fonte da missão. Carrega também, a Cruz das missões jesuíticas, que marcou a Bolívia e toda a América Latina, o principal símbolo do 5.º Congresso Missionário Americano (CAM 5).

O Texto-base do 4.º Congresso Missionário Nacional (CMN) é uma versão pastoral do Documento de estudo do CAM 5, com a mesma temática do Congresso Americano: “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída”. O trabalho resultou em um documento mais enxuto e leve para facilitar o estudo do tema e a caminhada missionária das comunidades.

Seguindo o método ver, julgar e agir, o documento de 56 páginas está organizado em três capítulos e contempla três eixos temáticos apresentados no cartaz.

Para enriquecer e estimular a comunidade católica no mundo, o Papa Francisco escreveu uma carta demonstrando sua preocupação com a missão da Igreja no mundo e afirma que: “ A alegria do Evangelho enche os corações e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus” (EG 1).

Ele nos dá a chave de leitura nos apresentando as características de uma Igreja com um rosto verdadeiramente missionário, próxima, aberta, capaz de sair de si para ir ao encontro das pessoas, por caminhos novos, como profecia para a sociedade.

Dessa forma tudo se move, tudo entra em movimento na comunidade e encontramos uma saída que renova nossa vida e revitaliza a Igreja.

 

Artigo publicado na edição de outubro de 2017 do Jornal Folha de São Pedro.

Outubro – Mês das Missões

Deixe uma resposta